Nova Iorque em 4 dias sem gastar uma fortuna

“Quando uma viagem é fantástica e ainda por cima “low-cost”, torna-se obrigatório partilhar todas as dicas.”

Cláudia Alves, autora do blog Gengibre & Limão, decidiu partilhar connosco a sua experiência na viagem de 4 dias em Nova Iorque, para que sem gastar uma fortuna consigamos ver e fazer muitas coisas.

https://4.bp.blogspot.com/-AFCCfkr_egM/VGwHPieOzUI/AAAAAAAAfbo/M3KdrtoEUHw/s1600/new-york-seguro-viagem.jpg

“Há algum tempo que pensava em fazer uma viagem de lazer sozinha, o objetivo inicial era algo mais exótico e arriscado – Myanmar, contudo a situação político-religiosa que se vive atualmente no país fez-me adiar o objetivo. Assim e porque o trabalho nesta fase não me permitia tirar muitos dias de férias, optei por uma escapada de 4 dias a Nova York. O que recomendo vivamente para quem quiser se estrear a viajar sozinho. Por algum motivo Nova York é a cidade que nunca dorme, há sempre movimento na rua, algo novo a descobrir, um museu para visitar, um espetáculo para assistir. Para aproveitar os dias, saia de casa o mais tardar por volta das 9h e regressava por volta das 23h, nunca senti medo as ruas estão cheias de gente e de policia, portanto para quem ainda tinha algum receio, esqueçam isso e façam as malas.

Transfers / Transportes

Logo à saída do terminal há varias empresas que oferecem serviço de transfer, na sua maioria para Port Authority que fica muito próximo de Times Square. Eu optei por comprar o bilhete de ida e volta, por 32 USD, o shuttle demora cerca de 1h, dependendo do trânsito. Os autocarros circulam de 30 em 30 minutos.

Dica: O pagamento em feito é dinheiro, pelo que o melhor é levantar no próprio aeroporto, para evitar taxas e melhores tarifas de cambio fora da zona euro, a melhor opção é o Revolut.

Para deslocações dentro da cidade o melhor é o metro, mesmo ficando só 3 ou 4 dias optem pelo passe de 7 dias, um livre transito de autocarro e metro que custa cerca de 30 USD.

Hotel

Optei por ficar no POD Times Square, que recomendo vivamente, a localização é ótima, o staff é muito simpático, relativamente ao quarto excelente para uma pessoa, no Booking.com indicava que não incluía pequeno almoço, mas disponibilizam café, chá e bolos o que funciona perfeitamente.

Comida

Em NYC toda a gente come na rua ou de pé, comer num restaurante tradicional sentado à mesa, vai ser tarefa complicada, a menos que estejam dispostos a gastar alguns dólares.

Relativamente a comida recomendo que vejam este video do Anthony Bourdain.

Pessoalmente não devem perder o seguinte:

  • Bagel de queijo creme e salmão do Russ & Daughters
  • Sandes de carne e prato de pepinos do Katz’s Delicatessen
  • Fatias de Pizza a 1USD não são a coisa mais saudável do mundo mas são boas, encontram em qualquer esquina.
  • Hambúrgueres e Batatas Fritas da cadeia Shake Shack
  • Comida de rua, há muita variedade, não se fiquem pelo tradicional dirty water hot dog.
  • A não perder também um roof top, a praça de alimentação do “Top of the Rock”.
  • Paragem obrigatória num supermercado para comprar doces – Reese’s

Espetáculos e Desporto

Não percam uma peça de teatro, musical ou até mesmo um jogo de hóquei no gelo ou da NBA, existem vários sites ou até mesmo nos teatros é possível comprar bilhetes de ultima hora.

Eu fui ver uma peça de teatro com a Uma Thurman – The parisian woman, que recomendo vivamente. Comprei o bilhete no próprio dia no Hudson Theatre, mas podem também utilizar a app Today Tix, onde por um bilhete na plateia paguei 20 USD.

Noutra noite optei por ir ver um jogo de hóquei no gelo, consegui o bilhete no dia anterior por 19 USD através do site: https://www.ticketmaster.com/.

Dicas e Pontos de Interesse

Museus Grátis

Há vários museus, com entrada grátis pelo menos uma vez por semana, eu por exemplo fui ao MOMA gratuitamente, tentei ir ao Guggenheim, mas a fila estava enorme e acabei por ir lá no dia seguinte a pagar. Relativamente ao Guggenheim a menos que a exposição vos interesse, podem entrar no edifício e ver de baixo, sem pagar, caso contrário são 25 USD.

Horários grátis dos museus disponíveis aqui: https://www.nyc-arts.org/collections/35/free-museum-days-or-pay-what-you-wish

Não percam a biblioteca publica de Nova Iorque, fica entre a Grand Terminal e Times Square, a entrada é grátis, e foi dos sítios que mais gostei.

Pic by Gengibre & Limão

O MET deixou de ser gratuito/Pay wath you wish, agora tem um custo de 25 USD, mas é possível usar durante 48h e o museu vale muito a pena.

Ferry Grátis para ver Estátua da Liberdade

No fundo da Wall Street, podem apanhar gratuitamente o ferry para Staten Island, que passa mesmo ao lado da Estátua da Liberdade, ao chegar se forem rápidos conseguem apanhar o mesmo ferry de regresso a Manhattan. Por isso esqueçam aqueles ferrys caríssimos para turistas.

Pic by Gengibre & Limão

Outros pontos a visitar, e possíveis de visitar em 4 dias

Dica: marquem no mapa o que querem visitar a cada dia, torna tudo mais fácil.

1º Dia (Quinta Depois das 17h)

  • Times Square
  • Grand Central Terminal
  • Top of the Rock (de noite)
  • Empire State Building

2º Dia (Sexta)

  • Central Park
  • MET
  • MOMA
  • Times Square
  • Top of the Rock (Sunset)
  • Patricks Cathedral
  • New York Public Library
  • Empire State Building
  • Radio City Hall
  • (Jogo Hockey)

3º Dia (Sábado)

  • Ground Zero / Octapus
  • Wall Street
  • Statue of Liberty (Ferry para Staten Island)
  • Broklyn Bridge
  • Lower East Side
  • Soho
  • Little Italy
  • (Teatro Brodway)

4º Dia (Domingo, até às 19h)

  • High Line
  • Iron Building
  • 5thAvenue
  • Central Park
  • Guggenheim

O Domingo terminou com as habituais compras e quase que perdia o voo por causa dos sapatos do Macy’s, por isso já sabem: paragem obrigatória!

Espero que as dicas sejam úteis, preparem-se para andar muito e não se esqueçam que NY e a cidade que nunca dorme, por isso não fiquem a dormir e aproveitem a cidade ao máximo.

Pic by Gengibre & Limão

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *